Se você é um fã de chuvas de meteoros, agosto será um mês promissor! A chuva de meteoro Perséiades é a melhor do ano e, em 2018, apresentará o seu maior tempo de observação durante uma lua nova - condições interessantes para a observação de meteoros.

 

O melhor horário para observar meteoros da chuva Perséiades é no seu ápice, que vai das 17h no dia 12 de agosto até às 5h no dia 13 de agosto. Graças à essa conjunção de eventos da lua nova com o ápice de visibilidade da chuva de meteoros, será possível observar os meteoros nos dias próximos neste período. As melhores observações nesses dias ocorrerão após algumas horas do crepúsculo até algumas horas antes do amanhecer.

 

Meteoros são partículas advindas de cometas e asteroides. Ao passar pelo Sol, os cometas deixam um rastro de detritos. Todo ano a Terra passa por esses rastros, o que nos permite visualizar os pequenos pedaços colidindo com a nossa atmosfera e se desintegrando, formando assim riscos coloridos no céu - o que chamamos de meteoros.

 

O cometa que produz a chuva de meteoros Perséiades - chamado “Swift-Tuttle” - deixa um rastro bem grande, tão grande que leva mais de três semanas para a Terra atravessá-lo. Devido a sua grande extensão, as Perséiades apresentam um intervalo de observação maior do que várias outras chuvas durante o ano.

 

Esse ano, você poderá ver alguns meteoros entre 17 de julho até 24 de agosto. A quantidade de meteoros vai aumentar até 12 de agosto e, após 13 de agosto, diminuir gradativamente. No ápice da chuva de meteoros, observadores poderão visualizar de 60 até 70 meteoros por hora.

 

As Perséiades aparentam originar (radiar) da constelação de Perseus, que dá nome a essa chuva. Nessa época do ano, Perseus é visível no céu do Norte depois do Pôr do Sol. Observadores localizados nas latitudes do meio norte obterão as melhores vistas.

 

No entanto, você não precisa olhar diretamente para a constelação de Perseus para ver os meteoros. Você pode olhar para onde desejar; 90 graus para a esquerda ou para a direita de Perseus, ou até sobre Perseus. Todas as escolhas são boas.

 

Enquanto você observa o céu atrás de meteoros neste mês, você também poderá observar um desfile dos planetas Vênus, Marte, Júpiter e Saturno - e a Via Láctea ainda continua agraciando o céu noturno. No artigo do próximo mês, faremos um passeio de fim de inverno pela Via Láctea, sem a necessidade de telescópios ou binóculos!

 

A chuva de meteoros Perséiades aparentam ter origem na constelação de Perseus. Perseus é visível no céu nórdico logo após o Pôr do Sol, nessa época do ano. Créditos: NASA/JPL

Caltech.

Please reload

Our Recent Posts

Observando a Lua e além: O cinquentenário da Apollo 11.

July 1, 2019

Clube e IFSP irão realizar 1º Torneio Regional de Foguetes

June 28, 2019

Junho, o mês do Asteroide.

May 31, 2019

1/1
Please reload

Tags

CONTATO

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© 2018 Clube Centauri - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Izabela Almeida.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now