• Antonio Gabriel Cerqueira Gonçalves

Observe o mais longo eclipse lunar do século 21 e a oposição de Marte no IFSP de Itapetininga


Aberta ao público, a observação será uma oportunidade para a comunidade ter contato direto com telescópios e com a prática da Astronomia.

Fonte: NASA

Na próxima sexta-feira (27), das 16h às 21h, o Clube Centauri realizará um evento no Instituto Federal de São Paulo - Campus Itapetininga para o acompanhamento de dois fenômenos que serão visíveis no céu nesta semana: o eclipse total da Lua e a oposição de Marte. Além dos marcos astronômicos, com o auxílio de telescópios, será possível ver detalhes de Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno, os cinco planetas mais próximos de nós.

Composição fotográfica das etapas do eclipse lunar total de 20 de fevereiro de 2008, a partir de Regina (Saskatchewan), no Canadá. Ahmad van der Breggen, 2008.

O eclipse lunar é um fenômeno que acontece de 2 a 3 vezes ao ano, quando o Sol, a Terra e a Lua estão alinhados no espaço, e é total quando do período da Lua Cheia. Na ocasião, a atmosfera da Terra bloqueia a luz do Sol para a Lua, deixando passar apenas a luz vermelha que será refletida e dará ao satélite natural um aspecto avermelhado ou alaranjado: a espetacular “Lua de Sangue”.

O fenômeno do dia 27 de julho particularmente é aguardado no mundo inteiro, pois ele será o eclipse mais longo do século. Isso se explica por uma questão geométrica: a Lua passará na parte central da sombra mais escura da Terra (umbra) e, além disso, estará no ponto mais distante (apogeu) de sua órbita em torno do nosso planeta. Assim, o satélite terá aspecto reduzido (minilua) no céu, entre 10 a 15% de seu tamanho normal.

Com duração de 3 horas e 55 minutos, o eclipse lunar será visível total ou parcialmente na América do Sul, Europa, África, Ásia e Austrália. No Brasil, a fase total - quando a Lua estará coberta pela umbra - será das 16h30 às 18h13, a fase parcial - quando a Lua começa a sair da umbra - se estenderá das 18h13 às 19h19, e a fase penumbral - quando a Lua entra na sombra mais clara da Terra - irá de 19h19 às 20h29, pelo Horário de Brasília.

Primeira imagem em cores reais de Marte, captada a 240.000 km de distância do planeta. Agência Espacial Europeia (ESA) e Instituto Max-Planck para Pesquisa do Sistema Solar, 2007.

Já a Oposição de Marte é um fenômeno que ocorre a cada 26 meses, quando o Sol, a Terra (órbita circular) e Marte (órbita elíptica) estão alinhados em órbita reta. O Sol iluminará a superfície marciana que estará voltada para nós, apresentando-se ligeiramente maior e mais brilhante. A melhor aproximação entre os astros havia sido registrada em 2003, quando Marte ficou a cerca de 56 milhões de quilômetros de distância da Terra.

No IFSP, o evento se dará em dois momentos. Na etapa de sensibilização, haverá uma palestra de apresentação do Clube Centauri, às 16h, e uma oficina de astronomia amadora, às 17h. Encerradas as exposições, o local terá telescópios e educadores à disposição para as observações astronômicas, iniciando a observação do eclipse lunar às 18h e na sequência, a observação astronômica da oposição de marte e dos planetas do Sistema Solar, às 19h.

A contemplação dos fenômenos astronômicos e de planetas do Sistema Solar (Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno) é gratuita, dispensando credenciamento para participar. O Instituto Federal de São Paulo - Campus Itapetininga está situado na Av. João Olímpio de Oliveira, 1561, Vila Asem - Itapetininga/SP. Informações adicionais podem ser consultadas na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/210582302849559/.

Serviço:

Observação astronômica da Minilua, da oposição de Marte e de planetas do Sistema Solar

Data: 27 de julho (sexta-feira)

Horário: 16hs às 21hs

Local: Instituto Federal de São Paulo – Campus de Itapetininga (SP)

Endereço: Av. João Olímpio de Oliveira, 1561, Vila Asem - Itapetininga/SP - 18202-000

Facebook: https://www.facebook.com/events/210582302849559/

Classificação etária: Livre

Grátis | Dispensa inscrição para participar

Sobre o Clube Centauri

O Clube Centauri é uma associação civil que visa fomentar a divulgação e o ensino de astronomia às escolas e ao público em geral, congregando astrônomos profissionais e amadores em seu quadro de membros. Fundada no ano de 2015 em Itapetininga/SP por Rodrigo Felipe Raffa, licenciando em Física pela UFSCar, a entidade desenvolve continuamente iniciativas na Região Metropolitana de Sorocaba, mantendo parceria oficial com a NASA (Agência Espacial Americana). Site: https://clubecentauri.com.br.

Informações a Imprensa:

Antonio Gabriel

Coordenador de Comunicação do Clube Centauri

(15) 99606-4734

antoniogabriel@diariodoverde.com

Rodrigo Raffa

Presidente do Clube Centauri

(15) 99795-3537

clubecentauri2@gmail.com


71 visualizações

CONTATO

© 2018 Clube Centauri - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Izabela Almeida.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram